Banner BR

Livros de Lya Luft : 10 Melhores de Fevereiro De 2024

Com uma trajetória literária de 30 anos e um repertório de mais de 20 livros publicados, Lya Luft firmou-se como um dos maiores fenômenos editoriais do Brasil nos últimos anos, com mais de 1,2 milhões de exemplares vendidos no país. Gostaria de conhecer mais sobre as obras dessa escritora? Selecionamos para você os melhores e mais lidos livros da Lya Luft, veja a nossa seleção!

Lya Luft. O Lado Fatal + A Riqueza do Mundo + O Tigre na Sombra - Caixa com 3 Volumes

O lado fatal (96 páginas) - fenômeno editorial com belas crônicas filosóficas sobre a vida e seus mistérios, é um livro de poesias sobre a morte que lya luft disseca a mais solitária emoção humana. o lado fatal é uma catarse poética, onde lya derrama seu luto em metáforas que nos enchem os olhos de lágrimas e o coração de empatia. lançado originalmente em 1988, o livro ficou fora das livrarias por muitos anos e só era encontrado em sebos por admiradores da poesia da autora. a riqueza do mundo (272 páginas) - em a riqueza do mundo a autora apresenta uma coletânea de ensaios breves como crônicas ou artigos, na maioria inéditos ou reescritos, em que se dirige ao leitor de maneira mais direta e coloquial do que em seus romances ou contos. um livro a um tempo áspero e poético, sempre questionador do jeito da autora. como lhe é de costume, ela aborda o drama existencial humano, nossas comuns perplexidades, educação, família, autoridade, moralidade versus moralismo e alguns dos problemas mais pungentes da nossa sociedade, como guerras, miséria, política e outros. o tigre na sombra (128 páginas) - em o tigre na sombra, lya é fiel ao seu universo de mistério, magia e dramas humanos muito reais que, de uma forma ou de outra, atingem a todos nós. os difíceis relacionamentos amorosos e familiares são o chão sobre o qual suas personagens caminham. o elemento enigmático permanece em muitas figuras, como a singular vovinha, que ninguém sabe de onde veio e teria sido antes uma sereia, trazida a terra pelo amor do avô marinheiro, o bebê ciclope, o pai de família atormentado que dorme com revólver debaixo do travesseiro. a filha preferida, dália, que mergulha em desespero; o tigre que, na sombra de um pequeno bosque inexistente, espreita tudo, ou os afogados da casa da praia chamada casa do mar, que à noite vêm para a beira das águas e falam com a personagem principal, dôda.

Avalie!
Gostou do produto?

O rio do meio

Lançado originalmente em 1996, o rio do meio, de lya luft, foi um dos pioneiros em um gênero indefinido e inusitado na literatura brasileira: nem ficção, nem relato jornalístico. original, o livro foi vencedor do prêmio de melhor obra do ano da associação paulista de críticos de artes (apca). lya entremeia, com maestria e sensibilidade, lembranças, ora em primeira pessoa ― sem que isso signifique estar fazendo autobiografia ―, ora em terceira ― sem que isso represente estar sendo objetiva. “minha literatura não emerge de águas tranqüilas: fala de minhas perplexidades enquanto ser humano, escorre de fendas onde se move algo, que, inalcançável, me desafia. escrevo quase sempre sobre o que não sei”, revela a autora. com sua prosa delicada, num tom quase íntimo, sussurrando verdades no ouvido do leitor, lya versa sobre as descobertas de uma criança intrigada com a vida e seus mistérios, sobre o amadurecimento do ser humano, com seus conflitos e alegrias, sua coragem e fracassos. segundo lya “há temas que se repetem, perguntas que se perpetuam; inquietações coincidem entre o escritor e seus leitores, entre quem dá algum depoimento e quem assiste” e partindo disso, ela convida o leitor para um jogo, aliando histórias vividas e imaginadas, brincando, encantando e, principalmente, fazendo pensar. aos poucos, o leitor torna-se cúmplice, ombro amigo, ouvidos atentos, coração ora apertado, ora entregue, indagando ao lado de lya sobre a angústia de não saber o que vem depois da vida, sobre a solidão, sobre cada um de nós. o rio do meio é um livro fascinante, em que todos irão encontrar um pouco sobre si mesmos e no qual é possível buscar estímulo e um pouco mais de autoconhecimento.

Avalie!
Gostou do produto?

A riqueza do mundo

Com uma trajetória literária de mais de trinta anos e dezenas de livros publicados no brasil e traduzidos em diversos países, a romancista, poeta, cronista, tradutora e ensaísta lya luft firmou-se como um dos maiores fenômenos editoriais do brasil. com mais de 1,2 milhão de exemplares vendidos no país, lya conquistou milhares de leitores com sua belíssima prosa poética. a riqueza do mundo marca seu retorno ao gênero que a consagrou definitivamente em 2003, com o surpreendente livro de ensaios perdas & ganhos, um enorme sucesso, aclamado pela crítica especializada e pelo público.esta obra apresenta uma coletânea de ensaios breves, como crônicas ou artigos, em que a autora se dirige ao leitor de maneira mais direta e coloquial do que em seus romances ou contos. este é um livro, a um só tempo, áspero e poético, mas sempre questionador - ao estilo da autora.em seus textos, lya luft aborda o drama existencial humano, nossas perplexidades comuns, educação, família, autoridade, moralidade versus moralismo, e alguns dos problemas mais pungentes da nossa sociedade, como guerras, miséria, política e outros. fala também de como vemos, usamos ou criamos a riqueza do mundo, seja natural, intelectual ou artística, afetiva, econômica. do que conquistamos ou nos é concedido: os delírios da arte, as aventuras da ciência, os campos lavrados, os mares e céus que sondamos. mas ela também escreve sobre aquilo que desperdiçamos ou matamos, sobre a pobreza advinda do desinteresse, a dor nascida da traição, as crenças que se digladiam.a riqueza do mundo é uma espécie de “livro das indagações”. com críticas, dúvidas, momentos de fria lucidez e outros de grande delicadeza, este livro nos coloca diante de alguns de nossos fantasmas, para que, ao encará-los, se tornem menos assustadores.

Avalie!
Gostou do produto?

Banner BR
Categorias
 
® evalurank